14/02/2022 às 12:13:00

A partir de segunda-feira, dia 14, São Leopoldo terá novo Centro de Vacinação para pessoas acima de 12 anos

A partir de segunda-feira, dia 14, o expediente da vacinação terá um novo local, será realizado na Sede Social da Sociedade Ginástica, localizada na rua Conceição, número 279, no bairro Centro. O horário da vacinação segue sendo o habitual: das 9h às 11h30 e das 13h30 às 16h. O local funcionará apenas no sistema a pé. A Unidade Móvel estará aplicando a vacina em frente as escolas EMEF Maria Emília de Paula e EMEF Prof. José Grimberg, oportunizando para que os pais que levarem seus filhos também possam fazer a vacina.

 

Unidade Móvel de Vacinação
Dia: 14/02 - segunda-feira
Manhã (9h às 11h30) – EMEF Maria Emília de Paula
Rua Rio Parnaíba, 50
Jardim Luciana

 

Tarde (15h às 18h15) - EMEF Prof. José Grimberg
Rua Sérgio Barra, S/N
Bairro Boa Vista


Primeira dose
A primeira dose é ofertada a pessoas a partir dos 12 anos de idade. Para receber o imunizante é necessário comparecer aos locais com documento com foto, CPF e Cartão SUS.

 

Reforço da Janssen e segunda dose
A dose de reforço da marca Janssen terá como linha de corte para as pessoas que se vacinaram até o dia 26 de agosto. Para quem tomou AstraZeneca/Fiocruz, a Prefeitura atende a recomendação do Estado de utilizar a marca Pfizer para a dose complementar. A data de corte passa a ser dia 11 de novembro. Quem fez a primeira dose com a própria Pfizer o cronograma passa a ser do dia 11 de novembro. A Coronavac/Butantan será aplicada para quem completou 21 dias de intervalo da primeira. Para a segunda dose é necessário levar cartão de vacinação, documento com foto.
 
Terceira dose
A dose complementar é destinada para pessoas a partir dos 18 anos de idade. O tempo de intervalo entre as doses permanece de 4 meses, a data de corte é para todos que fizeram a segunda dose até o dia 11 de outubro. Com exceção dos imunossuprimidos, que necessitam de apenas 28 dias de intervalo para a terceira dose.
 
Quarta dose
Está disponível, também, a quarta dose, para imunossuprimidos acima de 12 anos. O intervalo de tempo entre a terceira e quarta dose é de 4 meses, a data de corte é para aqueles que fizeram a terceira dose até o dia 11 de outubro. Os locais de vacinação relacionados, além da Unidade Móvel, estarão aplicando a 4ª dose.


Para ter direito à aplicação, os imunossuprimidos devem comprovar as doenças através de laudos. Profissionais de saúde: contracheque, carteira ou contrato de trabalho. Todos devem apresentar cartão de vacina.
 
Imunossupressão
- Imunodeficiências primária grave
- Quimioterapia para câncer
- Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
- Pessoas vivendo com HIV/Aids
- Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
- Pessoas que fazem uso dos seguintes medicamentos: Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; Ciclosporina; Tacrolimus; 6- mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira,adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte,Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe).
- Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise)
- Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

 

Com relação a vacinação dos imunossuprimidos:
- A partir de 18 anos que receberam o imunizante da dose única da Jansen, devem receber segunda dose com intervalo de 8 semanas, e uma dose de reforço está recomendada com 4 meses da segunda.
-A partir de 12 anos, que receberam os demais imunizantes, que já aplicaram a 3ª dose, podem receber a 4ª dose com intervalo de 4 meses.
-Gestantes e puérperas acima de 12 anos poderão receber uma dose de reforço com imunizante Pfizer, a partir de 4 meses do esquema primário.
-Gestantes e puérperas que receberam vacina da Fiocruz antes da gestação, deverão realizar a dose de reforço com vacina Pfizer.
 
Profissionais de Saúde
Considera-se profissional da saúde apto a receber a dose de reforço indivíduos que trabalham em estabelecimentos de assistência, vigilância em saúde, regulação e gestão. Portanto, que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde como: hospitais, laboratórios, farmácia, drogaria, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, agentes comunitários, agentes de endemias e trabalhadores de apoio aos serviços de saúde. Estudantes da área da saúde também estão contemplados.
 
Para receber a dose é preciso levar documento com foto, CPF, comprovante de vacinação, contracheque, contrato ou carteira de trabalho.

 

Texto: Amanda Wolff – estagiária Semsad | Jornalista Responsável Patrícia Duarte - MTb 7684| Scom/PMSL

› Compartilhe este Post
Leia Também

29/06/2022 às 09:00:00

Trilha Urbana tem cronograma definido

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semmam) tem agendada mais três edições do projeto Trilha Urbana. Visa a retomada das din&...

CONTINUE LENDO

08/06/2022 às 10:39:00

Equipe leopoldense participará da 2° etapa do Campeonato Gaúcho de Canoagem

A  Associação Leopoldense de Ecologia e Canoagem (Aleca) participará da 2° etapa do Campeonato Gaúcho de Canoagem...

CONTINUE LENDO

07/06/2022 às 15:06:00

Prefeito Vanazzi anuncia Geison Freitas como novo diretor-geral do Semae

Na primeira reunião do secretariado realizada após a partida do vice-prefeito Ary Moura, na manhã desta terça-feira, 7 de ...

CONTINUE LENDO

06/06/2022 às 15:34:00

Aimoré contrata 2 reforços

   Após empatar em zero a zero com o Juventus de Jaraguá do Sul, o que manteve o Aimoré na quarta colocaçã...

CONTINUE LENDO

Tubarão MC40 #5 já no box montado no Velopark, em Nova Santa Rita

02/06/2022 às 15:11:00

ACBA encara segunda etapa do Campeonato Gaúcho de Super Turismo

Pilotos Tiel de Andrade e Franco Pasquale integram projeto financiado pelo Pró-Esporte RS e buscam retomada na corrida deste sábado (4),...

CONTINUE LENDO

Receba Novidades


teste
teste
Top